Terceiras Impressões

OS GOONIES

NEVER SAY DIE Se você assistia essa turminha da pesada aprontando altas confusões na Sessão da Tarde e também queria ser um goony, esse livro é pra você. Os Goonies Steven Spielberg – 1985 (criador) | James Kahn – (novelização) DarkSide Books – edição 2012 Páginas: 240  Sinopse: É verão na pequena cidade costeira de Astoria e os Goonies estão preocupados. Poderosos corretores de imóveis ameaçam ocupar o bairro de Goon Docks para transformá-lo num grande loteamento. É quando

YAQUI DELGADO QUER QUEBRAR A SUA CARA

NÃO FIQUE SÓ OLHANDO!
De acordo com o dicionário, bullying é um ato agressivo sistemático, envolvendo ameaça, intimidação ou coesão, praticado contra alguém, por um indivíduo ou um grupo de pessoas. Ocorre geralmente em escolas, porém pode ser praticado em qualquer outro local. Trata-se de ação verbal que pode, em situações extremas, evoluir para agressão física.

LISTA: CHORANDO EM PÚBLICO

A INCRÍVEL ARTE DE LER NO TRANSPORTE É óbvio que leitores que utilizam transporte público aproveitam o tempo nos assentos sacolejantes para colocar a leitura em dia. Acontece que às vezes tem aquela cena que te deixa sem estruturas para segurar o forninho a emoção e quando você percebe, já está fungando, chorando e sendo encarada pelos outros passageiros. Foi difícil escolher apenas cinco, mas tentei colocar nesta lista os livros que me proporcionaram os momentos mais

AUTOR: TONI BRANDÃO

YOUNG ADULT DOS ANOS 90: GROGUE E LOUCO POR UMA GATA Quando muita gente pensa em Young Adult, é quase inevitável não citar John Green. Mas antes das Katherines e Alaskas, o escritor brasileiro Toni Brandão fez mais ou menos a mesma coisa lá nos anos 90. Embora seja mais conhecido por suas obras infanto-juvenis, alguns livros do autor possuem um tom mais adulto, cheios de crises existenciais e  relacionamentos complicados, como é o caso dos dois livros abaixo. Grogue Toni

HQ: PALESTINA – EDIÇÃO ESPECIAL

DESCOBRINDO O JORNALISMO EM QUADRINHOS Palestina – Edição Especial Joe Sacco (1996) Editora Conrad (edição de 2011) Páginas: 286 Contracapa: […] Primeira HQ de não-ficção de Joe Sacco, que tornou seu nome sinônimo de jornalismo em quadrinhos. Baseado em meses de pesquisa e uma longa viagem ao Banco Ocidental e à faixa de Gaza, Palestina mostra ao leitor  a linha de frente dos conflitos na região. Em meio a tiroteios e bomba de gás no mercado, soldados espancando