Terceiras Impressões

Notívago

DE CHUPA-CABRA AO MITO DE TÂNTALO

Com inspirações em Poe e Lovecraft, esse livro de contos é para quem gosta de mistério, suspense e aquele terror psicológico, cheio de referências ao mundo da literatura, e que passeia por diversas culturas e lendas.

Notívago
Maurício Coelho
Editora Porto de Lenha – 2017
Páginas: 116

Sinopse: Criaturas misteriosas criam grandes suspenses em Notívago. Realidade e fantasia se misturam nos contos protagonizados por personagens interessantes e curiosos. Os contos dessa antologia intrigam a todo o momento, reservando sempre ao final surpresas e reflexões.

 
PRIMEIRAS IMPRESSÕES: Conheci Notívago por acaso, por divulgação do autor, que me disponibilizou o livro em formato digital, em uma parceria para resenha. No início não sabia muito o que esperar, mas a sinopse conseguiu dar o tom do livro de forma apropriada.

SEGUNDAS IMPRESSÕES: O que achei legal nesta antologia, é que os 23 contos são ambientados em diversas culturas e partes do mundo. Podemos achar paraenses, com suas expressões regionais, assim como europeus, com outros costumes, em outras épocas; às vezes o cenário é a própria mente.

A escrita é boa e rebuscada, e às vezes até um pouco árdua para o público que não está acostumado a esse tipo de leitura e literatura. Há muitas menções à culturas e lendas populares e também à obras clássicas, deixando perceptível as preferências do próprio autor dos contos, o que em minha opinião pessoal, incomodou um pouquinho em certos momentos, pois tive a impressão que a quantidade de referências acabou se excedendo, assim como o uso de sinônimos intrincados; sei que não foi a intenção, mas por vezes soava como se o autor precisasse se reafirmar, e a história continuaria a se desenvolver satisfatoriamente, mesmo com uma linguagem mais acessível e sem tantas referências.

Em minha opinião, os contos narrados em primeira pessoa ficaram um nível acima dos outros, pois a escrita era mais fluída, natural e conseguiram me envolver mais.

TERCEIRAS IMPRESSÕES: O Maurício fez a lição de casa, e muito bem: percebe-se uma minuciosa pesquisa e cuidado com o universo em que se passa o conto, e todas as histórias, apesar do caráter fantástico e sobrenatural, possuem cenário e personagens críveis, te deixando com um tênue sentimento de que essas coisas poderiam mesmo acontecer com você. Podemos encontrar também algumas ligações sutis entre as histórias, — o que é bem interessante — além inspiração em Poe e Lovecraft, já mencionadas, e vez ou outra, alfinetadas discretas e eficazes, que levam à reflexão, e que me fizeram querer ler outras obras do autor.

Recomendo aos fãs do gênero, com certeza!

Os contos que mais gostei, foram:

A morte vem do céu – Simples, rápido e curioso, o conto brinca com a imaginação, nos levando a especular sobre o que, afinal de contas, aconteceu.
A pegada vermelha – O clima de suspense envolve em um espiral de incertezas, e o final é surpreendente.
Necromante – Poderia muito bem continuar a ser desenvolvido para um livro só dessa história, que com certeza eu leria.
O Mágico – Vontade de saber sobre as consequências de tudo, depois do fim do conto.
A árvore e os vaga-lumes ou apenas mais um conto de fadas – Um dos mais curtos, mas eficiente no que se propôs.
Rei Tântalo – Uma alusão ao mito grego, muito bem escrito.


Visite o perfil do autor:
SKOOB 
Wattpad

Compre Notívago no site da editora: AQUI

  • Alessandra Tapias

    Bom, eu adoro contos e adoro o gênero… ótima pedida sim para todos!!

    E amei a resenha ♥ Parabéns por mais essa parceria!

    Bjkssss

  • Luana Alves

    Amo contos! Por serem mais curtos fluem de uma forma que romances não conseguem acompanhar. Contos de suspense, desses que a família contava reunida à luz de velas quando acabavq a energia em casa, me trazem boas recordações.
    Amei a resenha, estou curiosa pra saber mais sobre os contos favoritados.
    Bjsss
    Luana
    http://www.umasegundaopiniao.com

  • Não sou muito fã do gênero não, mas seus comentários me deixaram curiosa. 🙂

  • Morgana Brunner

    Eita que livro maravilhoso menina, eu não o conhecia e confesso pra ti que me vi encantada, adoro contos e espero um dia também ter a oportunidade de ler.
    Beijinhos

  • Camila de Moraes

    Uau!
    Olha não dava nada por esse livro de contos, mas sua resenha foi tão clara que até mesmo eu que não sou de ler esse gênero fiquei com vontade de conhecer mais desse autor.
    Parabéns!
    Beijos!

  • Isabela Soares

    Olá, eu não sou muito de ler contos mas me vi muito interessada, ainda mais porque têm a ver com suspense e isso sempre me chama atenção..
    Beijos.

  • Oii!
    A capa do livro não é muito chamativa, mas só pela chamada já me interessei muito. Adoro contos de mistério e suspense, tanto que resolvi participar do desafio 12 meses de Por esse ano.
    Sua resenha descreve bem o livro, e espero poder ler em breve. Beijo :*

  • mitzi batista

    Fiquei curiosa!!!

  • Saga Literaria

    Olá, tudo bem?

    Gostei da capa do livro com sua simplicidade. Adoro livros de contos, mistérios e suspense. Gostei da sua resenha, curta e objetiva, descrevendo bem a obra. Obrigado pela dica!
    Bjuss

  • LILIAN FARIAS

    ‘contos é para quem gosta de mistério, suspense e aquele terror psicológico’ tudo o que eu gosto, não tenho problema com texto rebuscado, afinal, quando não entendemos algo, é para isso que existe o dicionário, google pesquisa, enfim, amei a indicação que quero muito ler.

  • Lorena Caribé

    Uauuu ainda não conhecia esse livro mas me pareceu bem diferente e interessante. Ótima essa temática. Muito bom os pontos que você ressaltou. Anotada a indicação, espero ter a oportunidade de ler também, super bjooooo

  • Gostei de livros assim, com suspense, com terror… Não conhecia o livro, mas gostei da indicação. Parabéns pela resenha. Muito bem escrita, e despertou a vontade de ler o livro.

  • Fabiana Oliveira

    Olá ! Simplesmente amei o livro. Eu particularmente amo contos. bjs

  • Carolina Ramires

    Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas o que mais me chamou a atenção foi essa variedade de culturas presentes nos contos, é muito legal saber que cada um se passa em um lugar diferente do mundo. Fiquei bem curiosa para ver o resultado dessa pesquisa que o autor fez.
    Beijos.

  • OIe,
    Ei, não conhecia essa obra! A premissa chama atenção por se tratar de lugares diferentes. Foi resultado de uma pesquisa mesmo? Que bacana! Porque sou admiradora daqueles que escrevem contos.

  • Bruno Marukesu

    Oi, StrawK ^^
    Bom, estou bem dividido quanto ao que penso da obra.
    Mesclar demais, as vezes, pode ser desconfortante e saber que o autor criou muitas referências me incomoda pois fica ainda mais evidente quais são os gostos dele e isso não é legal – para mim – em uma obra, existem entrevistas para sabermos sobre esses gostos.
    Mas fico feliz em saber que há um conto sobre paraenses, a galera aqui da região Norte precisa ter um espaço na literatura atual.
    Obrigado pela sinceridade ao nos apresentar as suas impressões a cerca da obra. StrawK.
    Adorei a capa que remete muito aos livros e gibis antigos que se vendiam em bancas. <3
    E obrigado por apoiar a literatura nacional através da sua resenha.
    Bjs

%d blogueiros gostam disto: